Você pode comer isso?


Quando recebi a notícia de que eu tinha diabetes meu primeiro pensamento foi: nunca mais vou poder comer doces.

Quando falo para as pessoas que eu tenho diabetes, a primeira coisa que escuto é: você não pode comer doces, né?!

Lembro muito bem da primeira sexta-feira após meu diagnóstico, eu fui almoçar sozinha, pois todos meus colegas iam sagradamente numa galeteria do bairro (se encher de massa e polenta frita toda sexta), e eu tinha uma dieta super rígida a seguir, não podia sair da linha, então fui num pequeno buffet que tem numa cafeteria próxima, lá as opções de tentações são bem poucas. Só quem tem diabetes sabe o quanto é difícil no início. Eu tinha fome, muita fome! Chorava que não podia comer, chorava que queria repetir o prato e não podia, eu estava desnutrida por ter ficado tanto tempo com a glicose descontrolada.

Naquela sexta, engoli a comida que descia trancando na garganta, que doía de tanto chorar e desci para pagar a conta: foi quando pisei no último degrau e senti um cheiro de bolo que me doeu na alma! Sempre tive paixão por bolos – minha mãe faz os melhores bolos do mundo, minha vó Olinda fazia um bolo divino cheio de meregue ao redor–, e naquele dia eu pensei: "Nunca mais vou comer bolo, nunca mais vou poder comer doce"!

Enquanto eu caminhava de volta para meu escritório, não conseguia conter as lágrimas. Entrei porta a dentro e me tranquei no banheiro, chorando de soluçar! Liguei pra minha mãe, desesperada!

O tempo passou e conforme minha Hemoglobina Glicosilada foi melhorando, fui aprendendo como meu corpo se comportava, então minha Endócrino permitiu que eu testasse 1 comida fora da dieta por semana! Lá foi eu testar o bolo, comi o bendito e medi a glicose 2h depois. Lá veio a martelada na cabeça, glicose em 300.

Desespero, choro, raiva.

Daí veio a vontade de entender, como que um bolo sem açúcar me fez tão mal? Ahhh, farinha branca. Então vamos lá testar bolo com farinha integral. De novo, come, espera 2h e mede, glicose em 200. Resultado melhor! Levei o bolo para o lanche do próximo dia: glicose em 300!

Mas que merda! O que foi agora??

Ahhh, se como no dia que assa o bolo não aumenta tanto, se como no outro dia aumenta muito! Lá vai eu pesquisar: o fermento fica agindo com a farinha e vai transformando o simples bolo integral em puro açúcar!

Neste momento, entendi a importância da dieta rígida que minha Endócrino tanto quis que eu fizesse. Comecei a compreender meu corpo e como ele reagia com as coisas que eu comia. Media a glicose antes de comer e depois no pico do carboidrato.

Hoje, sei perfeitamente o que eu posso comer e o que devo cuidar. O organismo se comporta de maneira diferente a cada dia, se estou doente (pode ser uma simples alergia), não há santo que ajude a baixar a glicose. Se estou de TPM, qualquer grão que como, faz a o açúcar no meu sangue se multiplicar por vinte!

Sempre que um diabético me pede ajuda eu digo: o segredo é ter paciência.

Paciência para entender seu próprio corpo, paciência para medir a glicose pré e pós prandial, paciência para testar receitas e paciência porque algum dia você vai poder comer um doce que tenha açúcar!

Agora eu me permito a comer coisas não diet, ontem, por exemplo, eu quebrei um regime de quase três anos sem comer o meu sorvete favorito. O sorvete da Dona Leda! Que é feito artesanalmente por uma adorável senhora de 90 anos pela qual meu carinho é tão grande quanto à paixão pelo seu sorvete.

Para minha surpresa, glicose aumentou muito menos que quando como um pão!

E sabe de uma coisa, ele ficou com sabor melhor ainda, porque agora ele é mais especial do que era antes!

Eu sei que minha vida gastronômica vai ser um eterno teste, e que muitas vezes dá vontade de desistir, mas se você se cuida, pode se permitir a ter esses momentos de satisfação!

E vamos combinar né, essa moda fit é ótima para nós diabéticos. Fui diagnosticada em 2012, e desde lá surgiu muita coisa no mercado. Tanto em produtos, quanto em estudos sobre os alimentos.

Então querido amigo diabético, tenha paciência e disciplina, que um sorvetinho ou um bolo de vez em quando não vai te fazer mal!

Destaques

Temas

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

© 2017 por Daniela Olmos