Tudo é uma questão de tempo

Quando descobri a diabetes, pensei que era um castigo de Deus. A filha de uma doceira, que tem uma cafeteria maravilhosa, amaldiçoada com uma doença que a priva de comer doces. Com o conhecimento que adquiri, com os textos e livros que leio, com a troca de experiências que busco ter com outros DM1, vejo como aquele pensamento era puramente falta de informação. Dou risada do episódio em que entrei numa cafeteria dois dias depois do diagnóstico e saí de lá correndo porque desandei a chorar ao sentir cheiro de bolo. Hoje, tenho outra visão, vejo que eu posso tudo a partir do momento que priorizo minha saúde; não pude treinar hoje pois estava a trabalho na cidade dos meus pais, mantive meu plano alimentar bonitinho o dia todo, aí chegou a hora de lanchar e aproveitei a visita no café de mamãe para cometer meu pecado, uma fatia fina de torta de pudim com nozes. Com contagem de carboidratos, monitoramento, fui aos 148 e apliquei mais 1u para baixar de volta aos 100. Me considero uma privilegiada, reconheço que não é qualquer pessoa que tenha acesso ao tratamento que eu tenho, e é por isso que faço o que posso para levar o mínimo de informação aos outros, principalmente aos recém diagnosticados; e é por isso que não entendo quem tem esse privilégio também e não faz nem o básico pelo seu próprio corpo – medir a glicemia e aplicar insulina. Entretanto, esse foi outro ensinamento que diabetes me trouxe: respeitar as diferenças. Não posso querer impor minha verdade ou meu estilo de vida ao outro, cada um tem seu tempo, cada um tem sua aceitação e lida com seu tratamento de maneira diferente. Somos indivíduos, cada corpo se comporta de uma forma com determinados alimentos e cada mente se comporta de uma forma com o diagnóstico de uma patologia como a diabetes. Tudo isso só para dizer que meu intuito aqui é mostrar para vocês que é possível ter diabetes, ser feliz, ter saúde e não se privar dos momentos felizes da vida. ☺️💙 

Destaques

Temas

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

© 2017 por Daniela Olmos