Dirigindo com diabetes

Ontem foi dia de renovar minha CNH (Carteira Nacional de Habilitação), quando tirei a carteira eu recém tinha completado 18 anos – sim, fiz aniversário e já corri para o DETRAN –, naquela época eu nem sonhava que algum dia teria diabetes. Quando renovei minha carteira em 2012, eu já tinha diabetes, mas ainda não sabia, e lembro que no exame médico tive dificuldade em enxergar (imagine a hiper que eu estava pós café da manhã), hoje em 2017, renovo de novo minha carteira, só que dessa vez diagnosticada com DM1. Só fui perceber isso ao preencher a ficha médica e ver nela a opção "Você tem diabetes?". Conforme a Lei do Código Penal, é crime mentir, mas fiquei pensando: o que tem de relevante eu ter diabetes? Fiquei uns cinco minutos com a ficha na mão refletindo o que mudou quando eu dirijo tendo diabetes e não posso ser hipócrita dizendo que nada mudou, a direção em si não mudou em nada, contudo, meu cuidado antes de pegar o carro sim.

Diabéticos tem que estar atentos na direção por causa das hipoglicemias, as hipos prejudicam a coordenação motora, a percepção sensorial e a capacidade de resposta a estímulos. Todos estes fatores podem ser fatais quando o diabético estiver dirigindo, colocando em risco a vida do diabético, do caroneiro e das outras pessoas. Lembro que quando fui diagnosticada eu fiquei com receio de dirigir, então fui orientada pela médica a esperar eu entender meu corpo, identificar sintomas e a equilibrar a glicemia. Quando me senti segura, voltei a pegar o carro. Como sei que ainda há muitas dúvidas, pesquisei algumas recomendações e cuidados que devemos ter antes de pegar no volante. Recomendações Se após iniciar o tratamento e equilibrar o diabetes o motorista voltar a dirigir, é hora de passar a tomar outros cuidados. Em caso de estar com o veículo em movimento e começar a se sentir mal, é preciso encontrar um lugar para estacionar. O paciente precisa verificar o nível glicêmico e analisar se é possível continuar o trajeto ou necessário pedir ajuda. Já quando é preciso dirigir por muitas horas, no caso de uma viagem ou até trabalho, por exemplo, a orientação é realizar o teste de glicemia uma hora antes de pegar a direção e repeti-lo após cerca de quatro horas. Caso o nível esteja abaixo de 70 mg/dl, o carro deve ser estacionado. Eu marquei que tenho diabetes e que faço um tratamento de saúde, amanhã tenho meus exames e estou até curiosa para saber a conduta do médico. Volto com os resultados para vocês 😉 Fontes: SBD Diabeticool AMP

Destaques

Temas

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

© 2017 por Daniela Olmos